terça-feira, 10 de maio de 2016

A tradição de jogar o buquê

Olá noivinhas!

Trago mais uma curiosidade para vocês: quando a noiva joga o buquê a sortuda que pegar será a próxima a se casar.

Na Roma, o buquê das noivas tinha ervas aromáticas, para espantar maus espíritos. 
Depois, as ervas foram trocadas por flores, símbolo de fertilidade.
Já na Idade Média era um costume entre as mulheres não casadas cortar e levar para casa um pedaço da roupa da noiva para trazer boa sorte. 
Mas para evitar que seu vestido fosse estragado, no século XIV, na França, as recém-casadas começaram a jogar outros objetos como uma alternativa.
E o bouquet, símbolo da fertilidade, acabou sendo o mais comum.
A prática se manteve ao longo dos anos como uma forma de retribuir a felicidade e sorte desejada ao casal. 
Atualmente muitas noivas já inovam esta prática e, ao invés do buquê verdadeiro, atiram um falso feito especialmente para esta ocasião o substituem o ramalhete de flores por uma réplica de Santo Antônio.



Nenhum comentário:

Postar um comentário